BIOGRAFIA

Beyoncé Giselle Knowles-Carter

biografia-beyoncebrasil-explore

Nascida em 4 de setembro de 1981, Beyoncé é uma cantora, compositora e atriz americana que alcançou a fama no final dos anos 1990 como vocalista do Destiny's Child – um dos grupos femininos de maior sucesso de todos os tempos. O hiato do grupo veio após o lançamento solo de Beyoncé com o álbum Dangerously In Love (2003) que teve dois singles, “Crazy in Love” e “Baby Boy”, encabeçando a lista da Billboard Hot 100 dos EUA.

Três anos depois, após a dissolução do grupo DC, ela lançou o segundo álbum solo, chamado B'Day , que contém as populares faixas “Irreplaceable” e “Beautiful Liar”. Queen Bey também estrelou vários filmes como A Pantera Cor-De-Rosa (2006), Dreamgirls (2006), Obsessiva (2009) e O Rei Leão (2019). Seu casamento com o rapper Jay-Z e sua interpretação de Etta James no Cadillac Records (2008) influenciaram o terceiro disco, I Am... Sasha Fierce (2008), que ganhou seis prêmios Grammy em 2010.

Depois de se separar de seu empresário e pai, Mathew Knowles, em 2010, B lançou seu quarto álbum musicalmente diversificado, o 4 (Four), no ano de 2011. Mais tarde, ela alcançou aclamação universal por seus álbuns visuais sonoramente experimentais, BEYONCÉ (2013) e LEMONADE (2016). Sendo o último, o mais vendido do mundo em 2016 e o ​​álbum mais aclamado de sua carreira, explorando temas de infidelidade e feminismo, em especial acerca da mulher negra.

Em 2018, ela lançou Everything Is Love, um álbum colaborativo com Jay-Z, como The Carters. Além disso, Beyoncé liderou a Billboard Hot 100 com os remixes de “Perfect” de Ed Sheeran em 2017 e “Savage” de Megan Thee Stallion em 2020. Esse último, vencendo Melhor Colaboração Rapper no Grammy Awards. Beyoncé e Megan entraram para o livro dos recordes, sendo as primeiras mulheres a vencerem essa categoria em mais de 60 edições da premiação. No mesmo ano, Bey lançou o álbum visual Black Is King.

Considerada a melhor performer dos últimos tempos, Beyoncé é a artista mais influente atualmente. São mais de 120 milhões de discos vendidos. Ela é a primeira artista solo a ter seus primeiros seis álbuns de estúdio estreando no número #1 na Billboard 200. Seu sucesso durante os anos 2000 foi reconhecido como a Artista da Década pela Recording Industry Association of America (RIAA) e pela Billboard como Melhor Artista Feminina da Década.

Os elogios à Queen Bey incluem 28 Grammy Awards, 26 MTV Video Music Awards (incluindo o Michael Jackson Video Vanguard Award em 2014), 24 NAACP Image Awards, 31 BET Awards e 17 Soul Train Music Awards. Beyoncé é a artista com mais vitórias de todas essas premiações. Em 2014, a Billboard a nomeou a musicista negra mais bem paga de todos os tempos, enquanto no ano de 2020, ela foi incluída na lista da Time das 100 mulheres que definiram o século passado.